sexta-feira, 6 de setembro de 2013

LUANA!


Luana chegou!
Cheia de mistério como a lua, fez suspense para nascer!
Cheia de charme e beleza, como toda mulher deve ser!
Que aprendam a esperar por mim desde já… esse foi o recado que ela, soberana, quis dar!
Majestosa, a princesinha estava esperando o dia certo para nascer.
Nasceu no dia três, como mamãe e vovó!
Agora somos três, as mulheres do dia três!
Três gerações do feminino, herança intuitiva, de saberes e segredos, que ela já traz em seu nome:
Luana, filha da luz, iluminada, intuitiva!
Reporta-se também à figura da mítica Helena, de beleza sedutora e deslumbrante!
O que eu sei, é que a nossa Luana, hoje é uma meiga menina, quietinha, calminha como sua mãezinha, desde que nasceu…
Criança tão esperada, planejada, chegou para o casal Ednea e Ricardo, já amadurecidos, preparados e ansiosos para recebe-la!
Com certeza traz em sua bagagem, muita felicidade para todos nós, seus pais, seus avós, seus tios
e os priminhos, com quem haverá muito de brincar!

Seja bem vinda, Luana querida, minha neta, filha de minha filha,
Minha descendência  feminina!
Que tenha a Fé menina, cristã como a nossa tradição!
Que cresça em estatura, formosura, inteligência, sabedoria, graciosidade,
e Graça, diante de Deus, da família e da comunidade!
Que o mundo e o universo que a recebem possa se transformar com a sua presença!
Que a sua amorosidade possa transformar as relações!
Que a sua alegria possa alegrar os nossos corações!
Que o nosso Deus, nosso Pai Celeste, Filho e Espírito Santo, esteja sempre com você,
Abençoando-a e  orientando-a, desde agora e para sempre!
Amém!