sábado, 31 de agosto de 2013

Mariana e Daniel, uma história de amor no Zahia...



Era uma vez uma bela moça e um belo rapaz que moravam no Sudoeste, bem pertinho do Zahia. Acordaram num feriado e resolveram tomar café da manhã no Zahia. Chegaram lá, o Café estava fechado… conversa vai, conversa vem… os dois se conheceram melhor! Para encurtar a história, começaram a namorar e passaram a marcar ponto todos os dias no Zahia! 

Hoje tive a alegria de receber o convite de casamento dos dois!

Essa é uma das muitas histórias de amor do Zahia! 

Gosto de dizer que aqui eu ouço e acontecem as histórias de amor…

Nada mais gratificante para quem tem duas profissões! No consultório, como psicóloga, as pessoas me procuram por causa de suas histórias de dor! No Café, possibilitamos que as pessoas vivam e nos contem e comemorem suas histórias de amor!

É muito gratificante também quando os ex-clientes do consultório que já tiveram alta, voltam aqui para comemorar as suas vitórias e trazem seus novos amores para me apresentar!

E assim vou levando a vida, entre as histórias de amor e de dor, fazendo também, que toda dor, possa ser transformada numa história de amor!

Obrigada Mariana e Daniel, por compartilhar conosco sua presença e esta linda história de amor!

domingo, 11 de agosto de 2013

E A VIDA CONTINUA….

E a vida continua…
nas sementes plantadas,
nos exemplos deixados,
nos escritos lidos, não lidos e nos relidos,
nos questionamentos, nas brigas e desafetos,
nas queixas resolvidas e não resolvidas,
nas separações e junções,
nas mágoas, nas raivas e nos amores,
nas noites mal dormidas,
nos esquecimentos dos atos falhos,
nos tribunais de certidões rasgadas,
nas confissões  de sacristia, de  consultório, ou de alcova...
a vida continua entre crianças e amantes...
a vida continua nas noites dançantes,
nos parques andantes, e verdejantes,
nas praias ensolaradas,
nas matas, entre rios e cachoeiras…
a vida continua na correria da cidade,
entre ambulantes e mercantes.
a vida continua entre vadias, mendigos bêbados e drogados,
a vida continua nos templos e nos terreiros,
a vida continua, entre crédulos e ateus..
a vida continua neste e no outro mundo…
quer você queira, ou não!